Os textos deste Blog foram extraídos dos livros de Horácio Netho: "COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais"

"VIA CORAÇÃO, Caminhos da Transformação" - "SUTRAS, Uma Vida Melhor" - "VIA TERRA, Caminhos da Luz"


quarta-feira, 19 de abril de 2017

Sabedoria Indígena e Segredo das Pirâmides




“Muitos dos estudiosos da 'Senda da Fraternidade Cósmica', às vezes, podem sentir algum tipo de dificuldade para associarem as experiências das Culturas Indígenas com as realidades que interligam os propósitos da Fraternidade Branca e da  Confederação Intergaláctica. Vamos, então, oferecer conteúdos que podem ajudar a desfazer esta possível dificuldade. Como brasileiros que somos, precisamos ter consciência da grande influência, muitas vezes despercebida, que os índios exerceram e ainda exercem sobre as nossas vidas nesta nação. Lembremos, por exemplo, que o Brasil como país geográfico e como 'nação espiritual' existe há bem pouco tempo na órbita deste nosso belo planeta Terra. E que, antes de termos nossos limites geográficos demarcados e receber o nome da nossa pátria, eram as Culturas Indígenas que vivenciavam predominantemente as suas experiências por estas terras. Não por acaso, várias palavras oriundas de idiomas indígenas foram assimiladas pela atual cultura lingüística do Brasil. Saibamos que, hoje, no Brasil temos mais de 100 linguagens diferentes (idiomas, dialetos, etc.) decorrentes ainda da grande diversidade das Culturas Indígenas atuais. As sabedorias dos grandes Xamãs e Pajés da Cultura Indígena nos deixaram grandes ensinamentos, principalmente, no que diz respeito à interligação dos diferentes Espíritos da Natureza com nossas vidas, denominada no Budismo como 'Rede de Interdependência'. Ainda hoje, o simbolismo dos espíritos animais encontra amparo e segurança, principalmente, no acervo de herança da Cultura indígena. Há também aqueles indígenas que nos deixaram profecias e que nos ajudaram a ver as verdades atemporais desta Terra. Pois em toda estrutura social que tem caráter evolutivo, há sempre aqueles emissários do 'tempo cósmico' que sinalizam para o caminho atemporal da vida superior. Aprofundando no objetivo deste tema, vou testemunhar uma experiência pessoal recente que interliga toda esta rede da 'Senda da Fraternidade Branca', envolvendo as realidades de Conselhos e Comandos Espirituais com as experiências da Cultura Indígena, aqui na Terra.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 128 a 130)





POVOS das FLORESTAS 
(AILTON KRENAK)



“Ainda sobre o Comando Ashtar, entre novembro e dezembro de 2010, acompanhei o despertar espiritual ou monádico de uma integran­te deste Comando Estelar. A nave ‘ASHTAKRAN’ foi a unidade do Co­mando Ashtar que alinhou a alma terrena deste ser feminino ao serviço coletivo aos quais se destina este agrupamento cósmico. Para que ocor­ra um despertar monádico, há a necessidade da presença consciente de um Avatar sustentando o evento. Neste caso específico, ‘Yeshtar Ha­wknawara’ foi o Avatar que orientou esta iniciação. ‘Yeshtar Hawkna­wara’ é um Avatar ativo e influente nos Conselhos Indígenas da Terra, tendo vivido experiências em tribos amazônicas, aborígenes e apaches, dentre outras. Não por acaso, este despertar foi emoldurado por uma mágica interligação com os espíritos de alguns animais. Gaviões, co­bras, borboletas, andorinhas, etc... sinalizaram suas presenças e mensa­gens, numa sincronicidade de suprema graça, ofertando um colorido especial ao que testemunhávamos. No equinócio de verão com o eclip­se total da lua, em 21/12/10, esta iniciação foi consumada e aquele ser feminino recebeu o seu “mantra monádico”, seu som de identificação nos reinos dos céus. Também lhe foi revelada a sua co-existência em mais duas Constelações da nossa Via Láctea: “Órion e Lira.”  (Extraído do Livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação” , pág 237)





APACHES, HOPIS, KACHINAS, MAYAS 
e os SERES CÓSMICOS 
(LEANDRO DE LA PASCOA)



“... a Terra encontra-se em pleno processo de sua Federação junto àquilo que é conhecido como Confederação Intergaláctica. Este evento Cósmico para a Terra se dará através de sua coligação junto à Federação de Sírius (não por acaso, Alpha Sírius é a estrela que mais brilha no céu para a Terra). A consciência deste evento está diretamente ligado aos processos iniciáticos da humanidade rumo ao mundo celestial. Um investigador dos mistérios que remontam a História oculta da Terra, vai descobrir que algumas pirâmides construídas neste planeta estão perfeitamente alinhadas com Alpha Sírius, servindo como canais receptores de suas energias dentro de uma engenharia sideral desconhecida e imponderável para muitos seres da atualidade. O simbolismo de Sírius vem sendo resguardado dentro de várias escolas iniciáticas, onde os aspirantes aos mundos dos céus prestam seus votos de serviços abnegados por uma vida mais elevada. Aos poucos, todos estes mistérios secretos antigos estão vindo à tona, e diversos mensageiros dos céus estão dispondo destas verdades mais abertamente.” (Extraído do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs. 48 e 49)




GRADES de CONSCIÊNCIAS
PIRÂMIDES na TERRA
(DRUNVALO MELCHIZEDEK)



“Ao completar 33 anos, o chamado ecoou. A experiência mística naquela pirâmide o despertou para o 'Caminho das Estrelas'. Andrômeda, Sírius, Arcturus, Órion, Lira... Avatares e a consciência indígena do coração. Fraternidade Branca e Confederação Intergaláctica. Nascido como José Horácio Bezerra Neto, em 27\05\69, Fortaleza – CE, teve a sua vida transformada, a partir de uma experiência mística em 2002. Como Educador Físico, com duas especializações na área de Treinamento Desportivo, orientou através dos esportes crianças e jovens por 21 anos em escolas públicas e privadas, em Fortaleza. Sua ‘vida espiritual’ despertou, a partir de uma experiência sutil numa pirâmide, na Amazônia. Através de práticas mântricas, meditações e a assunção consciente de disciplinas, teve os seus corpos sutilizados e reordenados para uma nova vida. Vegetariano, contatado por Conselhos Cósmicos de Cura e Instrução traz a mensagem das estrelas e dos céus para nossas vidas.” (Extraído da contracapa do livro “VIA CORAÇÃO, Caminhos da Transformação”)


                                                                                                 



Nenhum comentário:

Postar um comentário