Os textos deste Blog foram extraídos dos livros de Horácio Netho: "COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais"

"VIA CORAÇÃO, Caminhos da Transformação" - "SUTRAS, Uma Vida Melhor" - "VIA TERRA, Caminhos da Luz"


sábado, 15 de abril de 2017

PRÁTICAS EVOLUTIVAS: Oração e Mantras




“Nenhum ser humano terreno alcança ní­veis superiores de consciência sobre a sua pró­pria existência, sem percorrer antes o caminho de um conversa mais íntima com aquele que o pro­jetou aqui neste planeta. Neste ínterim, encontra-se esta prática a qual denominamos de oração. Orar designa o uso da fala para se comu­nicar, porém esta significação é limitada e inade­quada para expressar aquilo o que realmente sustenta o propósito da oração como prática evolutiva. A voz ou a fala é apenas uma das vias de contato da consciência humana com as diversas naturezas existen­ciais que sustentam o holismo da vida. Porém, é uma das principais e, consideravelmente, a primeira que muitos seres humanos terrenos encontram para buscar um auxílio dos céus. Através do uso da palavra, naquilo que chamamos de oração, reza ou prece, um ser humano pode concentrar e enviar toda a sua energia in­tencional de se comunicar com os planos superiores. Esta prática, apesar de ser usual e comum dentro da coletividade desta atual raça humana, principalmente nos caminhos religiosos, tem sido mal utilizada e des­viada para fins puramente egoístas daqueles que a praticam. Uma ora­ção verdadeira e sincera brota isenta de desejos, emanando uma energia inerentemente pura da alma humana, e não dos egos contaminados que buscam por resultados e geram expectativas a partir de suas práticas. Uma oração ou uma prece traz para a dimensão da fala do ser humano um poder de criação e retorno que, quando bem direcionado, promove respostas inusitadas para a experiência existencial de quem a pratica. A fala é uma das principais fontes criativas que mobilizam as energias dispostas, cosmicamente, para a evolução desta atual raça hu­mana neste planeta. Através da fala, um ser humano pode encaminhar realidades, harmonizar ambientes, promover curas, ordenar o caos e acessar dimensões supramentais.”   (Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 229 e 230)







“A conseqüência de cada palavra em uma oração deve ser medida e a intenção de cada decreto deve ser investigada, para que os eventos que possam passar a ser manifestados na vida do ser sejam coerentes e sustentáveis pelas leis que lhes introduzem. A energia acompanha a ordem que a gera e impulsiona, e assim seguem os princípios sustentadores das orações e dos decretos. Os decretos do Arcanjo Miguel são orações transcendentais for­tes que exigem valores nobres como desapego, humildade, pureza e entrega. Valores ainda raros dentro desta atual humanidade terrena. Estes decretos abrem contato direto com consciências superiores com­petentes em ajustes de realidades atemporais, a serviço na Terra. São indicados, preferencialmente, para aqueles que já pressentem os novos tempos, as novas realidades e se consideram dispostos ou preparados para assumirem as consequências de suas próprias transformações, ne­cessárias para aderirem ao seu novo caminhar sobre a Terra. Créditos e débitos cármicos atemporais são vetores observados dentro das leis que acompanham cada consciência humana, devendo ser equilibrados diante as suas práticas evolutivas.” (Extraído do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 235 e 236)





DECRETOS do ARCANJO MIGUEL



“Há realidades específicas que caracterizam as manifestações da natureza cósmica. Podemos afirmar que a realidade dos Mantras é uma experiência que faz parte da siderurgia cósmica que se dispõe para a Terra como um recurso linguístico, onde há uma conexão da consciência de quem o usufrui com as realidades atemporais do Universo.  Atualmente, com a atividade mais aberta e consciente da Hierarquia Cósmica sobre a face da Terra, muitos missionários estão se revelando em usufruto dos Mantras para auxiliar a humanidade em sua nova fase evolutiva. O usufruto dos Mantras aproxima e conecta as realidades cósmicas em suas diversas funções. Diferentes são os propósitos e alcances dos Mantras. Há Mantras que se destinam especificamente aos processos de curas, enquanto outros podem se destinar a simplesmente realizar um contato com algum ser que necessite se fazer presente conscientemente, a partir dos planos imateriais. Dentre todos os Mantras que um iniciado espiritual vai conhecendo e usufruindo na sua compreensão sobre a vida cósmica, há Mantras pessoais que lhe são destinados pelas suas próprias consciências cósmicas superiores. Assim como o seu ego possui um nome externo pelo qual é reconhecido na vida comum (Exemplos: José, João, Antônio, Maria, etc.), sua alma possui um outro nome ainda terrestre e que pode ser percebido em estados meditativos harmônicos, através do seu corpo de luz desperto. Num nível mais elevado, nossas consciências espirituais são reconhecidas através de Mantras. Desta forma, a nossa primeira manifestação além Terra e fora das realidades formais deste planeta, se apresenta para nós através do seu Mantra. Para estarmos diante de qualquer Mantra cósmico, necessitamos estar conscientes da necessidade de disciplinas seletivas, pois a elevação de nossas energias e consciências seguem no rumo do aperfeiçoamento da vida.” (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 172 a 174)





MANTRAS da REDE do TEMPO
(DISCOS SOLARES)



“A Hierarquia Espiritual que orienta a evolução humana para a Terra, através de iniciações, pode oferecer recursos ou ferramentas que auxiliem o ser humano a desenvolver, aperfeiçoar e proteger a sua mente. Tais recursos ou ferramentas ficam integrados aos corpos sutis e à disposição da consciência do ser para usufruí-las. Há mantras especí­ficos para ativação de alguns destes recursos, enquanto outros seguem a simples vontade do alto iniciado.”  (Do Livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 161)





EXEMPLOS de MANTRAS CONFEDERADOS:











Nenhum comentário:

Postar um comentário