Os textos deste Blog foram extraídos dos livros de Horácio Netho: "COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais"

"VIA CORAÇÃO, Caminhos da Transformação" - "SUTRAS, Uma Vida Melhor" - "VIA TERRA, Caminhos da Luz"


segunda-feira, 13 de março de 2017

CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA - O Reino dos Céus





A CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA,
O CORAÇÃO e AS ESTRELAS
(HORÁCIO NETHO)




“Confederação Intergaláctica é um nome fantasia que pode e deve ser transcendido. Foi introduzido nos atuais ensinamentos transcendentais para aproximar de uma forma mais eficiente a compreensão dinâmica evolutiva da vida cósmica universal. A maturidade da consciência sábia de diversas almas humanas terrestres já suportam decodificar este recurso lingüístico em seus próprios silêncios reveladores.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”,  págs 161 e 162)





CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA, FEDERAÇÃO GALÁCTICA,
HIERARQUIA e OUTRAS CONSCIÊNCIAS
(TRIGUEIRINHO)




“Os veículos de consciências (corpos) que fazem parte da experi­ência humana terrena não são amplamente capacitados para acolher fidedignamente certas naturezas cósmicas, permanecendo impalpá­veis para este reino. Desta forma, a real natureza da Confederação Intergaláctica e dos Conselhos Cósmicos não pode ser captada inte­gralmente por uma consciência humana simplesmente terrena, o que não invalida as atuais informações e definições que tentam aproximar estas ‘Redes de Energias’ para um contato direto e necessário com este planeta e esta humanidade. Mais ainda, a cada expansão de consci­ência (iniciação), um ser humano passa a ter um novo olhar sobre os elementos que compõem a sua vida. Portanto, qualquer definição que construa uma imagem mental sobre a Confederação Intergaláctica e os Conselhos Cósmicos para o leitor, tenderá a ser atualizada pela própria consciência em evolução deste mesmo leitor. Isso não nos impede de oferecer mais dados que possam preparar uma mente humana para adentrar nos mistérios do mundo dos céus.”   (Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 50 e 51)






CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA
 e as ATUAIS TRANSFORMAÇÕES da TERRA
(AUTORES DIVERSOS)



“A denominação que damos aos elementos existenciais de diferentes realidades que se apresentam para nós, depende dos recursos de linguagens a que temos acesso. Um mesmo objeto terrestre, por exemplo, quando é observado por seres humanos diferentes que usufruem de idiomas diferentes, recebem denominações diferentes, porém, a natureza intrínseca e mais profunda deste objeto continua intocável, mesmo apesar dele ser observado sob abordagens lingüísticas diferentes. Da mesma forma, o nosso belo planeta a que muito de nós chamamos atenciosamente de Terra, também tem recebido outras denominações por seres cósmicos que observam a trajetória de sua órbita pelo nosso Universo Local, a partir de outros mundos. Com a atual revelação das atividades da Confederação Intergaláctica de forma aberta, estamos também tendo contato com diversos nomes pelos quais a nossa Terra tem sido reconhecida. Aos poucos, vamos nos dando conta que a nossa humanidade sempre esteve amparada e acompanhada por seres celestiais que têm tentado nos auxiliar em nossas caminhadas ascensionais rumo às verdades da Fonte. Cada planeta manifestado dentro do projeto holístico da Fonte, tem os seus próprios propósitos. Cada Reino presente em um planeta é em si uma expressão direta desta Fonte com os seus próprios desígnios e mistérios. Para o Reino Humano da Terra, por exemplo, são inúmeros os mistérios que sustentam as suas experiências e os tornam mais consciente da sua verdadeira realidade. O ‘Planeta Merla’, como uma consciência também em evolução, nos oferece um projeto de vida humana que possibilita, nesta atual etapa evolutiva, tomarmos consciência de que somos seres cósmicos integrados em uma imensa rede de vida universal. Em momentos especiais para um planeta como a Terra, alguns seres cósmicos também especiais podem se manifestar em sua órbita e até mesmo se materializarem, para cumprirem parte dos propósitos da Fonte. São seres que conseguem sustentar em seus corpos energias sutis elevadas e podem transmitir através de si as verdades superiores de um determinado planeta, de um sistema solar, de uma estrela, de uma galáxia ou mais que isso. Muitos destes seres estão neste planeta, atualmente, de forma voluntária para auxiliar no processo de ascensão coletiva que já está acontecendo para os mais sensíveis. Muitos destes seres também são experientes em serviços ascensionais de planetas pelo Cosmos, tendo sido experimentados e orientados por grandes entidades que objetivam aperfeiçoar os desígnios da Fonte Primordial, que alguns de nós chamamos de Deus. Numa forma despojada de se instruir, podemos dizer que estes seres são ‘Técnicos Especialistas em Ascensões Planetárias Cósmicas’. Estão aqui, sim, ao nosso lado. Jesus foi um destes nossos Grandes Mestres Cósmicos, que nos deixou registros sensíveis do seu Amor e de sua Sabedoria, confirmando a chave 33 de conexão superior entre os ‘Mundos dos Céus’ e as realidades da Terra (Merla). Até quando permaneceremos ignorantes e indispostos aos ensinamentos de nossos Mestres? Até quando os homens da Terra permanecerão prisioneiros de si e de suas crenças limitadamente materiais? Será que conseguimos encontrar o verdadeiro ‘Cristo’ dentro de nós mesmos?”   (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 200 a 202)





REDE-LUZ na TERRA
SERVIÇO da CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA 
(FREI ARTUR)



“...a Ter­ra encontra-se em pleno processo de sua Federação junto àquilo que é conhecido como Confederação Intergaláctica. Este evento Cósmico para a Terra se dará através de sua coligação junto à Federação de Sírius (não por acaso, Alpha Sírius é a estrela que mais brilha no céu para a Terra). A consciência deste evento está diretamente ligado aos processos iniciáticos da humani­dade rumo ao mundo celestial. Um investigador dos mistérios que remontam a História oculta da Terra, vai descobrir que algumas pirâmides construídas neste pla­neta estão perfeitamente alinhadas com Alpha Sírius, servindo como canais receptores de suas energias dentro de uma engenharia sideral desconhecida e imponderável para muitos seres da atualidade. O simbolismo de Sírius vem sendo resguardado dentro de várias escolas iniciáticas, onde os aspirantes aos mundos dos céus prestam seus votos de serviços abnegados por uma vida mais elevada. Aos poucos, todos estes mistérios secretos antigos estão vindo à tona, e diversos men­sageiros dos céus estão dispondo destas verdades mais abertamente.”    (Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 48 e 49)




MUNDOS CONFEDERADOS, COMANDOS,
TRANSFORMAÇÕES da TERRA 
(MILTON BOTELHO)





“CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA é uma denominação inteligente que nos instiga ao mistério e direciona a nossa atenção expandindo-a aos desígnios dos Reinos dos Céus, onde o Cosmos com as suas estrelas e galáxias podem ganhar mais sentido.”  (Horácio Netho – Voluntário de Vegah)






CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA,
HIERARQUIA ESPIRITUAL e DIMENSÕES 
(RODRIGO ROMO)




“Somente para termos uma ideia de como a vida, na Terra, está fican­do interessante e inusitada, compartilharei uma experiência que vivenciei em um destes encontros de missionários conscientes de parte do plano evolutivo para este planeta. Estando hospedado em um quarto triplo de hotel, naquele encontro de final de semana de lua cheia, pois aqueles en­contros orientados pelos Mestres Ascensionados da Terra eram sincroniza­dos com as energias cósmicas potencializadas pela lua, resolvi investigar o alcance da consciência desperta daqueles dois seres missionários que dividiam a hospedagem daquele quarto comigo. Simplesmente perguntei a eles, sem entremeios, de onde eles tinham vindo do mundo dos céus, ou seja, quais as suas origens cósmicas. Assim como um ser terreno não se intimida em afirmar que é canadense, italiano ou brasileiro, por exemplo, o primeiro me respondeu prontamente que era venusiano e o segundo pleiadiano. Ambos são terapeutas e fazem parte de uma missão importan­te para a transição da Terra e filiação do planeta à Confederação Interga­láctica, agindo diretamente nos portais planetários. Da mesma forma, tenho contato com outros inúmeros seres des­pertos que já se assumiram cosmicamente e com outros que ainda estão receosos das consequências de tal ato, diante uma civilização tão pre­conceituosa e despreparada como ainda é a humana terrena. Indepen­dente disto tudo, necessitamos compreender, em profundidade, que somos de onde estamos. Se estamos na Terra, neste momento, é porque somos terráqueos em alguma proporcionalidade, ou pelo menos ‘estamos’ ter­ráqueos, enquanto habitantes deste belo planeta [...] Viver o mundo dos céus, nos chãos da Terra, nada mais é do que renovar o olhar sobre os mesmos elementos com os quais já nos relacio­namos em nossas atuais rotinas. É apenas redimensionar a visão holís­tica, sobre os mais variados reinos, expandido-a num sentido vertical e unificando-a na horizontalidade da imanência terrena. Esta prática nos reativa, engrandece a vida e atrai, automaticamente, energias elevadas para as nossas auras individuais. O convite é para continuarmos sendo ter­renos, porém com um pouco mais de sabedoria, conectados ao restan­te do Universo, abrindo estas conexões nos portais internos existentes dentro de nós mesmos. Pois talvez, já esteja passando do tempo de olharmos com mais seriedade e inteligência as realidades que nos fa­zem uno para com a Fonte.”  (Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 44 e 53)





TRANSFORMAÇÃO da TERRA, ANDRÔMEDA, 
GNA e a CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA 
(TRIGUEIRINHO)





“Sírius, etimologicamente, vem do latim “Sirius” ou do grego “Seirios” significando “Brilhante” ou “Ardente”, pois sua estrela alpha é a que mais brilha nos céus, olhando-se da Terra. Está a oito anos-luz da Terra, na Constelação do Cão Maior. Sírius é uma das Federações Principais da Confederação Intergaláctica, sendo a regente de todo este sistema solar. A Fraternidade de Sírius introduziu, na Terra, a escola do “EU SOU” através da Fraternidade Branca local. Canaliza e transmite a energia do segundo raio para o nosso sistema solar. Será através de Sírius que a Terra passará a ser integrante da Confederação Intergaláctica. De forma misteriosa, conhecimentos paralelos aos que circulam pelo mundo científico atual, têm trazido informações sobre a Constelação de Sírius. Grupos de seres contatados espiritualmente e outras pequenas comunidades têm falado da importância de Sírius para a vida na Terra.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, pág 164)





MISSÕES CÓSMICAS dos
 EXTRATERRESTRES c\ a HUMANIDADE
(ALDOMON FERREIRA)












Nenhum comentário:

Postar um comentário