Os textos deste Blog foram extraídos dos livros de Horácio Netho: "COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais"

"VIA CORAÇÃO, Caminhos da Transformação" - "SUTRAS, Uma Vida Melhor" - "VIA TERRA, Caminhos da Luz"


segunda-feira, 13 de junho de 2016

Comando Ashtar e Conselhos Espirituais




“O ‘COMANDO ASHTAR’ se beneficia e usufrui dos nossos estados orantes, por vezes, para se aproximar de nós e nos transmitir a luz de seus propósitos. E estando cada vez mais ‘íntimo’ com a humanidade da Terra, o 'COMANDO ASHTAR' tem revelado os seus redimensionamentos, como as frentes de serviços denominadas de 'ASHTAR SHERAN' e 'ASHTAR ASGHRAN', por exemplo, que cumprem tarefas diferentes no atual plano evolutivo cósmico proposto para a Terra. Portanto, tenhamos claro que há diversas formas de percebermos o 'COMANDO ASHTAR' e é através dos estudos e de nossas práticas disciplinares pessoais que vamos nos aproximando da compreensão deste Comando.” (“COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, pág 226)
                            




O COMANDO ASHTAR e a DIVINA MÃE
(PATRÍCIA e RAFAPAL)
      


“Ainda sobre o Comando Ashtar, entre novembro e dezembro de 2010, acompanhei o despertar espiritual ou monádico de uma integran­te deste Comando Estelar. A nave ‘ASHTAKRAN’ foi a unidade do Co­mando Ashtar que alinhou a alma terrena deste ser feminino ao serviço coletivo aos quais se destina este agrupamento cósmico. Para que ocor­ra um despertar monádico, há a necessidade da presença consciente de um Avatar sustentando o evento. Neste caso específico, ‘Yeshtar Ha­wknawara’ foi o Avatar que orientou esta iniciação. ‘Yeshtar Hawkna­wara’ é um Avatar ativo e influente nos Conselhos Indígenas da Terra, tendo vivido experiências em tribos amazônicas, aborígenes e apaches, dentre outras. Não por acaso, este despertar foi emoldurado por uma mágica interligação com os espíritos de alguns animais. Gaviões, co­bras, borboletas, andorinhas, etc... sinalizaram suas presenças e mensa­gens, numa sincronicidade de suprema graça, ofertando um colorido especial ao que testemunhávamos. No equinócio de verão com o eclipse total da lua, em 21/12/10, esta iniciação foi consumada e aquele ser feminino recebeu o seu ‘mantra monádico’, seu som de identificação nos reinos dos céus. Também lhe foi revelada a sua coexistência em mais duas Constelações da nossa Via Láctea: Órion e Lira.”  (“VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 237)







CHICO XAVIER e o COMANDANTE ESTELAR
(GERALDO LEMOS)




“Para que um Conselho Cósmico projete a sua luz na Terra, através do Reino Humano, se faz necessário que os integrantes deste Reino que vão experimentar estas realidades tenham consciências sutis despertas. O ‘Corpo de Luz’ é a primeira consciência humana que credencia um ser humano a ter uma experiência por via direta com os Conselhos Cósmicos. Sendo o ‘Corpo de Luz’ uma consciência limitadamente terrestre, lida ainda com os aspectos formais dos propósitos do planeta. Porém, a natureza mais elevada de um Conselho Cósmico não é material e formal e, assim, para um contato mais real de algum ser humano com estas realidades, o seu espírito cósmico (Mônada) passa a ser a consciência mais fidedigna para tal. A Mônada é a primeira consciência cósmica que um ser humano desperta para a sua vida além Terra, onde o mundo das formas materiais é transcendido e a relação superior com a vida passa a ser captado em um estado de pura ‘Luz’.  Portanto, um contato mais fidedigno e verdadeiro de um ser humano com um Conselho Cósmico se dá em ‘Flashes de Pura Luz’, sem interferência do mundo formal para a sua consciência, mas ao mesmo tempo aprofundando a sua compreensão sobre este mesmo mundo. Em minha experiência particular, revelo que tenho recebido contatos de alguns Conselhos Cósmicos ligados às atividades de Cura e Instrução para a Terra. Especialmente, o Conselho Shaknatrom de Anciãos da Confederação Intergaláctica, através da luz de ‘Sida Capresh’, revelou-me os limites de suas atividades por todas as galáxias que compõem este nosso Universo Local. Sendo que revelações focais como esta, aqui testemunhada, estão auxiliando a humanidade a compreender melhor a natureza das atividades do ‘Mundo Celestial’. De grande mistério são os meios como um Conselho Cósmico se faz consciente para uma mente divina desperta. Através de sinais que se manifestam desde os níveis mais densos da matéria terrestre até os mais sutis das energias celestes, os Conselhos Cósmicos vão refinando as consciências de seus contatados estimulando a prática da ‘Atenção Plena’ como base fundamental para se fazerem percebidos. Usufruem de todos os elementos existenciais disponíveis na experiência do planeta, em qualquer Reino e em qualquer situação acima da dualidade. Desta forma, cores, animais, números, nomes, formas geométricas, movimentos, astros, etc... tudo realmente pode ser usufruído de uma forma atemporal e surpreendentemente mágica para uma mensagem que estes conselhos necessitem nos enviar. É através do desenvolvimento da atenção que as sinapses cerebrais vão se fortalecendo eletricamente e se iluminando. A atenção fortalece o desenvolvimento de todos os sentidos (olfato, gustação, visão, audição, tato, etc.) que devem ser aperfeiçoados para a consciência do corpo holístico humano. Somente com os sentidos externos bem desenvolvidos e apurados que um ser humano pode perceber a existência das dimensões mais sutis, através do despertar dos sentidos internos que os conecta com as suas realidades paralelas. Esta interconexão de sentidos, externos e internos, une a vida dos céus com a Terra através da atenção plena. Os Conselhos Cósmicos agem sempre no propósito de direcionar e ajustar a ‘Senda Espiritual’ mais adequada para o seu contatado, orientando-o de acordo com o seu acervo de experiências pretéritas e futuras, pois agem além dos espaços-tempos usuais para a Terra. E para cumprir este propósito, a presença de um Conselho Cósmico na vida de um ser humano pode ser reconhecida através do simples desenvolvimento de uma planta, num diálogo atento entre os homens, na manifestação de um evento sincrônico com os animais, numa mensagem simbólica de um número, enfim, por qualquer movimento que a vida possa oferecer em seu palco teatral das brincadeiras da Fonte. Atualmente, a humanidade da Terra está tendo a possibilidade divina de comungar conscientemente com as realidades que sustentam os propósitos de alguns destes Conselhos Cósmicos, que estão se revelando abertamente para a nossa evolução coletiva.”   (“COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 167 a 169)





 CONTATO ESTELAR 
COMANDANTE ALANISO
(SARITA OTERO)




“Conselhos de Cura Cósmica como Santa Esmeralda e Santa Ametista, Ordens Cósmicas como Melquisedeque e Metatrom, assim como o Conselho de Anciãos Shaknatrom são alguns dos núcleos que já revelaram as suas ações conscientes, na Terra, por meio de diversos canais humanos missionários, em nome do Amor Sabedoria que se sobressairá.”    (“VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 31)




MUNDOS CONFEDERADOS, COMANDO ASHTAR,
TRANSFORMAÇÕES da TERRA 
(MILTON BOTELHO)



“Como um exemplo bem prático, mas também profundamente misterioso para aqueles que ainda não compreendem as realidades hierárquicas interligadas, citaremos um dos eventos que marcaram o caminho do Avatar indiano Sathya Sai Baba. Certa vez, um devoto próximo seu estava fazendo a sua transição reencarnatória (também denominada de ‘morte ou bardo’, por alguns de nós). O seu corpo físico falecido ainda se encontrava num leito, sendo acompanhado e velado por seus familiares. Sathya Sai Baba foi ao encontro daquele corpo e, chegando lá, pediu aos familiares presentes que os deixassem a sós naquele quarto com o corpo do devoto. Algum tempo depois, Sathya Sai Baba saiu daquele quarto caminhando e acompanhado de seu devoto que havia retornado ao corpo físico, para surpresa e espanto dos que presenciaram este evento. O devoto testemunhou que a sua consciência sutil estava ao lado do corpo físico acompanhando a sua ‘pseudo-morte’, e quando Sathya Sai Baba chegou, eles foram conduzidos a um Conselho de Seres Espirituais quando, a pedido de Sathya Sai Baba, as vidas anteriores daquele ser foram revisadas. A favor de seu devoto, Sathya Sai Baba interveio junto àquele Conselho Espiritual e, de forma positiva, a sua atual encarnação física foi retomada e postergada por mais algum tempo. Evento este que nos confirma a realidade das atividades das Hierarquias Espirituais e dos Conselhos Cósmicos que nos acompanham.”   (“COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 193 e 194)




MISSÕES CÓSMICAS dos
 EXTRATERRESTRES c\ a HUMANIDADE
(ALDOMON FERREIRA)




“O Conselho Shaknatrom de Anciãos é formado por consciências imateriais que se expressam a partir da oitava dimensão da unidade cósmica, além da vida formal. Representa um núcleo de Amor Sabedoria para todo o universo e não tem ação focal apenas para com uma humanidade de um planeta ou de um sistema solar, como no caso da Terra. Presta serviços à evolução harmônica do Cosmos, levando em consideração os propósitos comungados entre os mais diversos reinos da existência. Considera o momento, as características e a importância de cada ciclo para cada vivência a ser experimentada pela ordem da Fonte Primordial em cada super-universo, universo, galáxia, constelação ou sistema solar da rede holística de vida. Desta forma, a sua ação estende-se muito além das órbitas de nossas duas galáxias irmãs conhecidas como Via Láctea e Andrômeda.”  (“VIA TERRA, caminhos da luz”, Autor: Horácio Netho)





DESPERTAR dos FILHOS das ESTRELAS,
LIRA, SONHOS e SINCRONICIDADES
(M.C. PEREDA - PROGRAMA DESPERTOS)






Nenhum comentário:

Postar um comentário